sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Beirute, oi?

Ontem fui até a classe executiva buscar uma fucking refeição vegetariana para um passageiro e ouço isso de um passageiro rico da business:

- Libaneeeeeeeeeeeeesaaaa!

Huahuahua. Pode?

Gelei. Pensei, será que já estou tão famosinha assim? Mas não, era um passageiro líbano-brasileiro que olhou pra mim e arriscou minha nacionalidade. Pior: em PORTUGUÊS.

Huahuahuahua, adooooro! Perguntei pra Cristina, a Tailandesa que estava na área desse passageiro e ela disse que ele ficava adivinhando a nacionalidade das crew. Ela não gostou muito quando ele disse que ela era filipina ou mexicana, mas a minha ele acertou na mosca.

- Você brasileira da Líbano.

Huahuahuahua, adoro! Pois é, galera, quem é da minha raça que me compre, sou "batrícia". Pelo menos alguém, em oito meses, não disse que sou "búlgara".

No mais, o vôo foi cheio. Cheio de passageiros, cheio de malas, cheio de pedidos absurdos durante o serviço e, pra colocar a cereja no topo do meu sundae, meu chefe fez o favor de embarcar nesse vôo e eu quase caguei nas calças de nervoso.

Afinal, a rapadura é mole mas não é doce.

(ok, esse foi o pior post EVARRRR do meu blog, ao pior estilo diarinho)

4 comentários:

VALMIR ARLEI DOS SANTOS disse...

Nossa,turca além de fudida voce tá mais linda do que nunca,te adoro.

Amanda disse...

Eu já fui chamada de filipina, coreana, japonesa...
Búlgara é dose, hein? affe..

Alexandre Lucas disse...

Muita sorte em futuros vôos =)

Too-Tsie disse...

Bem vinda ao mundo dos diarinhos hihihi

Template exclusivo para este blog encomendado no Templates da Lua