sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Dubai Nights: Balcony

Quem mora fora da cidade ou país natal sabe bem como é lento o processo de adaptação. Eu mesma odeio a vida noturna dubaiana quando estava acostumada com as pessoas bonitas e bizarrices que coloriam a noite paulistana entre a The Week até a Loca.

Odeio muito a Zinc, aqui em Dubai. Uma balada cheia de comissários da Emirates com muita mina puta, libanês de peito inflado e uma catrefa indescritível.

Mas ontem conheci a "Balcony", um inferninho localizado no último piso do hotel Ramee International (o mesmo que vendi para minha amiga e correspondente em Lahore, a Eve).

Vamos começar com decoração fosforescente nas paredes do recinto: alguns stencil de uma catedral de São Petersburgo, um Michael Jackson, um Kremlim. Tudo em rosa-choque, amarelo, azul e verde limão. Com a luz negra, brilhava.

No palco duas dançarinas em vestes de lantejoulas e bota de couro. A mesma coreografia para qualquer música. Fosse ela árabe, uzbeque ou russa. Apenas sucessos desse eixo.

As cantoras eram três, todas enfiadas em um vestido de camurça vermelho e botas de couro até o joelho. Coisa fina. O DJ usava camisa. Tinha cabelo comprido preso em rabo de cavalo e usava óculos escuro. Juro que vi uma caneta no bolso. Das Olimpíadas de Matemática para o palco da Balcony.

Havia um outro cantor com olhos bem separados, também. Mandou a música 'Aysha' em árabe, uzbeque e francês enquanto um senhor árabe negociava um programa com uma russa ao nosso lado. Caguei de rir.

Quem não tem Loca se vira com Balcony. Em nível de bizarrice isso aí levou nota 10. Já sei onde vou celebrar meu níver, huahuahua.

E deixo aqui a seleção das músicas que consegui identificar. Só xuxexo.



Najwa Karam - Aa3shiga



Pascale Maashalani - Nour el Shams



Cheb Khaled - Aysha


Feira de Acari (é, um grupo de russas entrou com calça de cagar em pé de mano rapper e pompoms, foi muito surreal). Não achei o clipe, então peguei esse vídeo. Era o menos pior entre as colagens de mulher pelada e pobre tomando banho de mangueira.

Voltarei SEMPRE.

9 comentários:

Too-Tsie disse...

Eu SIDIVIRTO muito em festa estranha com gente esquisita.

E a minha ceia de Natal que era pra ser num restaurante típico cubano e encontramos um cenário de nightclub do filme Scarface?

A comida era uma BOSTA, custou 70 pratas, não dava pra conversar pq tinha uma puta latina cantando umas músicas mais velhas que Fidel e a gente estava encostado ao palco. Eu imaginava que iria entrar um nêgo com metralhadora a qualquer momento.

Anônimo disse...

Afeee, pior é q entre as bellydancers do mundo inteiro, nour el shams é um hit...Credoo!

Carol by Carol disse...

huahuaauuahuhauhua tah e um lugar aonde vou ter que ir
eh sempre bom rir ne?
bjsss

Daniel disse...

É, sim!
lá em Acari!

hahahah, morri!

Anônimo disse...

Amei a balada me leva?
Bacci yahudilibnani

Amanda disse...

Cada pais tem a Augusta que merece..hahaha...
ai ai, cada coisa que vc encontra aqui em Dubai!! Nem se eu morasse aqui a vida toda saberia dessa perola.

Fred Lavia disse...

Mas chique que isso só os churrascos em Dubai Marina as duas da manhã

Alexandre Lucas disse...

Difícil, viu. Sempre lembramos de vc =)

Anônimo disse...

Ashiqa, ou Ashiga.... que quer dizer "apaixonada" da eterna diva libanesa Najwa Karam...

Template exclusivo para este blog encomendado no Templates da Lua