terça-feira, 15 de dezembro de 2009

me tirem daqui!

É sabido que eu não gosto de viajar para a Australia. Estou em Sidney contando os minutos para voltar pra Banguecoque. Pois, pois:


- Tudo fecha as 7 da noite. Até a mega bookstore Kinokuniya. :( E era loja de mall, nem era loja de rua. Aí meu koo, né? Sou late night bird, não gosto dessas viadices.

- Tudo aqui é muito caro. Pois uma ida ao 7/11 me custou 12,40 dólares australianos e comprei APENAS 1 garrafa de água mineral, um pacote de crackers de arroz, um cup noodles.

- Pedicure vencida is the new trendy por aqui. Só pode ser. Muito pezinho feio com unha pintada de preto ou qualquer cor fosforescente. Pintadas assim, né... Tudo no toco, esmalte descascando e cutículas tão ressecadas que posso dizer I can spot your cuticles até 500 metros. Tá cara a pedicure? Faz em casa. Não tem tempo? Não usa sandália, pouuurra.

- Uniforme de australiana é shortinho com sandália gladiador. E unha do pé preta ou rosa fosforescente. Muito axé, minhazamiga.

- E os blokes daqui? Vixe. Tudo com pinta de surfista e cabelo espetado com pasta. Sem falar da combinação calça de qualquer tipo + Havaianas (a indústria brasileira agradece). Nada contra havaianas, mas homem que usa chinelas até para ir ao cinema ou restaurante ou é paquistanês ou é mal-vestido, mermo. Porque homem de chinelas, pra mim, é cu de rola (a não ser que você viva em Jericoacoara ou Papeete).

- Vi uns coreanos acocorados no chão, em um beco. Pensei "uhu, maconha get togheter". Mas estavam comendo noodles, apenas. Huahuahuahua, g-zuz.

- Opera House é linda, sim. Também é a ponte grandona. A cidade é arrumadinha, limpinha. Mas não vi nada sensacional. Ok, os koalas são bichinhos bem bonitinhos. Dá vontade de apertar.

- Aqui a árvore de natal grandona também é atração. Esse fenômeno da baianice mundial ocorre em praticamente todas as grandes cidades do mundo. Mas enche mais o saco em São Paulo, onde pára toda a Avenida Brasil e comarcas adjacentes.

- Vegemite é horrível. Parece de patê de cocô. Mas os TimTams são gostosinhos: wafers cobertos de chocolate. Você morde as pontinhas e usa como canudinho para chupar o leite com Nescau. Uma diliiiiiça, mas dá um dumping fodido.

Ok, vou parar de reclamar. O sushi, pelo menos, é barato. E gosto da brisa do começo da noite. Traz uma nostalgia gostosa de final de ano em Sampa. Do cheiro de Higienópolis no natal, antes da chuva da tarde.

2 comentários:

Too-Tsie disse...

Quando se fala em Australia eu esqueço tudo que é da cultura default: Men At Work, Olivia Newton-John, Casamento de Muriel, Priscilla a Rainha do Deserto, Vegemite e por aí vai... Agora eu só quero saber de Bondi Vet, programinha sobre um veterinário loirão e os causos de sua clínica.

Iuri disse...

Ai ai... sempre leio o seu Blog e me divirto muito! Mas não pude deixar de sentir uma saudade tambem quando vce falou de Higienópolis... morei 04 anos lá e me lembro com carinho, de tudo (Principalmente da Infra...)
Hoje moro no Rio... e tudo é bemmmmmmmmmmmm diferente! Mas tá valendo! Bjs pra vce!

Template exclusivo para este blog encomendado no Templates da Lua