segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Coisa que me irrita é passageiro de classe econômica exigindo privilégios de businness. A tia vai desenhar para que vocês entendam direitinho: não me importa se você é embaixador, apresentador de TV, pai de santo ou faxineiro. O que importa é: pagou econômica? Viaja de econômica. Come comida de econômica, usa banheiro da econômica.


Exercício de empatia da tia libanesa: quando você escolhe andar de taxi, você paga mais, certo? Para sair de A até B com maior conforto e sem povão muvucando. Imagine, agora, se seu taxista parasse para dar carona a alguns passageiros do Terminal Nova Cachoeirinha sem nenhum custo.

Você ficaria putão, né?

Pois bem, querido Otavio Mesquita e aspirantes. Antes de dar showzinho porque não quer usar o banheiro da econômica ou porque a nécessaire da cabine premium tem perfume Bvlgari, pense no exemplo do taxi.

Quer? Paga.

É caro demais e businness é privilégio para poucos? Bem, ninguém te disse que a vida era justa, não? Mas respeite os que pagaram por isso.

4 comentários:

Carla disse...

Eu já disse aqui o qto eu te amo né?

Beijos!!!

*Isso é pq vc nao ouve lá no check in a pergunta básica:
-Hj nao tem compliment upgrade?

Mel disse...

Muito bom!!!Mes passado na volta de karachi,economica, eu ganhei uma necessaire business class kkkkkk,mas eu ganhei ta,nao pedi,sei la pq o comissario me deu.

Too-Tsie disse...

Eu boto Otavio Mesquita e Sérgio Mallandro no mesmo saco, tudo palhaço. A diferença é que um se acha fodão, espertão, o outro, é escracho puro, tirando isso, são iguais.
Ah esqueci, sempre pairou uma nuvem ROSA em cima de OM. Mas abafa né, eu não quero essa coisa na nossa comunidade.

Fernanda Trapp disse...

Eu odeio o Otávio Mesquita, se acha e é um mala. Humpf!

Template exclusivo para este blog encomendado no Templates da Lua