sábado, 18 de setembro de 2010

terremoto

Estava eu jogada no futon (hahahaha) tomando chai e vendo a final do cricket quando sindo um remelexo. Quem é paulistano sabe: sabe aquele tremidinho do metrô passando? Pois é, foi isso. Nem dei muita confiança até a galera vir me buscar pra me tirar de dentro da casa.


Só me deu medinho quando já estava no jardim, de pijama, havaiana e enrolada numa dupatta enorme.

Imagino os sustos de quem vive aqui ou em países mais cagados com terremoto. Tipo Japão, Chile, Irã.

Vou tomar banho e continuar meu Tour de Pakistan, tô indo hoje pra Islamabad porque hoje tem o delicioso jantar de carneiro na brasa com arroz pulao.

Gorda, eu? Até parece que tracei um itinerário de viagem baseado em comida... :P ;) Caham, caham. Porque se não faço algo por amor, benhê, com certeza eu faço por comida.

Jâ comi chapli kebab, chicken karahi e minhas parathas. Nada mais me segura em Peshawar, huahuahua!

khudafiz, macacada!

7 comentários:

Lucas T. disse...

Hahahahhah Muito amor por você, Libz!

"Porque se não faço algo por amor, benhê, com certeza eu faço por comida".

Priceless.

Container disse...

"Porque se não faço algo por amor, benhê, com certeza eu faço por comida".

GENIAL ! hahahahahahahahhah

Alexandre Lucas disse...

"Porque se não faço algo por amor, benhê, com certeza eu faço por comida".


Amei.

Também amo futon.

Ursinhu da Juh =] disse...

Vixiii que tenso esse negocio de terremoto, sarava !!!!!
Tem razao comer é bom demais, eu me acabo, como messssmoooo kkkkk


Fica com DEUS =]

Géssica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Géssica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Géssica disse...

"Porque se não faço algo por amor, benhê, com certeza eu faço por comida".

Ri demais, me identifiquei muito!

Template exclusivo para este blog encomendado no Templates da Lua