quarta-feira, 25 de março de 2009

queremos lhaminhas

Trecho do meu e-mail para meu agente de viagens, muito sincero:

"entre 6 e 8 de abril pensamos em visitar Copacabana ou qq porcaria na Bolivia. Visitando aquelas ilhotas del Sol, Taquile, as vilas de Juli e Chucuito, Pomata. Pergunte na Condor um itinerario bem bacana para nos em categoria turistica nao-xexelenta (classe media alta, huahua) visitando esses destinos. Vi no site que tem passeios de onibus e barco. Gostaria de algumas cotacoes...

Wandson, eu e minha mae adoramos programas culturais. Ver os indios, os bichos, o artesanato, a comida local. ODIAMOS ruinas, mumias, muminhas, caco de vaso e essas porcarias arqueologicas. Logo, acho que a Isla del Sol eh meio programa de Evo Morales. Se tiver algum lugar onde possamos ver lhaminhas de perto, abraca-las e tirar fotos, minha mae vai pro ceu. Quero segurar filhotinho de lhama, vicunha e essas cousas fofuchas. Logo, pergunte pro povo da Condor oq podemos fazer."


Porque antes de tudo, sou sincera e nao me faco de culturete. Minha mae e loira. Eu, aeromoca. Queremos turismo miguxo no Peru.

Passar bem.

domingo, 22 de março de 2009

Amanheceu, peguei a viola, botei na sacola e fui viajar.

Libanesa de férias, mas vocês sabem, eu sempre volto e posto alguma coisa. Ou não.

Tô levando meu HP Mini, meu Nokia N95, minha Nikon e HD externo. Logo, vocês sabem onde me achar. No MSN de sempre, no SMS de sempre, no Twitter de sempre.

Fuuuuuuiiiiii!!!!

sábado, 21 de março de 2009

Parem as máquinas!

Graças ao Gustavo Maciel soube que a El Al, companhia aérea israelense, passará a operar 3 vôos semanais diários e DIRETOS entre São Paulo e Tel Aviv.

Hiperventilei e ovulei.

However, o horário dos vôos não coincidem com os vôos diretos entre São Paulo e Dubai. Logo, não terei a oportunidade de cruzar com comissários da empresa quando estiver devidamente uniformizada e on duty. :(

Super sonho colorido em tirar uma foto com os comissários israelenses. Mas precisaria guardar a sete chaves, afinal, isso deve ser demissão por justa causa aqui nos Emirados. Acho que nem foto de bola-gato é tão grave como foto com israelense para nossos anfitriões que odeiam judeus e adoram a Arábia Maldita, ops, Saudita.

Afinal, esse povo continua se matando por nhacos de terra seca. Hm, que seja. Sempre quis fazer a Caterine Deneuve do deserto em Jerusalem e boiar no Mar Morto toda lambusada de lama. E comer falafel night and day, day and night.

Eu, bem... Eu gosto dos judeus. Pois são ricos. E a Tia Karina gosta de dinheiro. E de bureka.

Fonte:
http://www.elal.co.il/ELAL/English/HidePages/sao_paulo_prices_080309

AAAAH!

Aliás. Nos vôos da El Al são oferecidas sopinhas instantâneas Knorr. Hahaha. E ainda dizem:

"A Warm Winter on EL AL Flights Home Away From Home means flying EL AL and sipping Knorr’s instant soup in a cup.For a good soup you don't need Mother "

Tá, mãe?

Mas me abstenho de comentar esse serviço diferenciado, afinal, sou libanesa com certeza e vão me encher o saco dizendo que fiz cagada diplomática só porque chochei o serviço pão-duro pra cacete diferenciado dessa companhia aérea.

Oi Lady Gaga, eu sou você amanhã.



Gente, bege como a Lady Gaga é a cara da Claide - 30 anos. Olha, certeza que adoro "Just Dance". Mas Claide veio antes e é musa eterna. Sorry periferia.

Pirataria




domingo, 15 de março de 2009

FML

Tá jururu? Derrubaram vinho no teu lençol de algodão egípcio? O bode comeu tua meia porque você não repassou corrente de internet? Dormiu de calça jeans? Engordou? Pegou o Vandeílson te traindo com a Neuzelene?

Hm. Não está só: http://www.fmylife.com/ .

Today, I was making out with my boyfriend and he was moving his hand from his thigh to my chest but on the way he sort of squeezed my stomach. When I asked him why he did that, he told me that "his fingers got stuck under my roll." FML

Today, I ran for the train that was about to leave. I tried to hold the doors open with my leg and got stuck. The conductor just yelled out how unbelievable and ridiculous I was and waited 2 minutes to finally release me. Everyone was laughing at me. FML

Today, I was talked into having sex with my boyfriend of 4 years. I had always wanted to wait till marriage but my boyfriend convinced me otherwise. Once we were done, he said he could never marry me because I was no longer pure. FML

Today, I was shopping with my friends and I got asked by a man if I could be in one of his commercials. I obviously said yes without thinking twice. I then found out that he wanted me to be the before picture for an acne control moisturizer. FML

Mande você também o seu depoimento. Tenho pencas.

que chiqueza


Compre aqui.

Huahuahua, acho versátil.

qual foi o maior fora que você deu?

Minha amiga Rebeca disse uma vez que sou a rainha dos foras. Olha, eu tenho uma coleção de cagadas bem boa. Hoje me perguntaram no avião qual foi a maior pataquada que já fiz. Não precisei pensar muito...

Foi bem recente.

Voava para Dammam em janeiro. Vôo meio cheio, noturno. Eu, cansadíssima após um Jeddah infernal, já estava no modo automático. Eu e um amigo brasileiro, o Márcio, pegamos posições R5 e L5A, ou seja, lá no fundão da aeronave.

Terminado o boarding começamos o serviço: toalhas quentes, brinquedos para as crianças. Pois peguei a bandeja cheia de fantoches (para crianças pequenas) e livrinhos de colorir (para crianças não tão pequenas) - uma função que eu ODEIO porque a tia Karina não gosta de criança.

Mas fui. Modo zumbi on: avistava um petiz e lhe entregava o brinquedo. Sorriso amarelo e vamo-que-vamo.

Eis que entrego um livrinho de colorir para uma criancinha usando óculos escuros. Estava eu em alfa pensando na morte da cabrita e no enterro da bezerra e nem me toquei que era muito tarde da noite para uma criança usar óculos. Ou que não era velho o suficiente para pagar de libanês na balada.

Pois é.

É.

O pai me devolveu o livrinho e saí dali para esganar o chefe de cabine - que deveria ter nos alertado que teríamos um deficiente visual a bordo. Seria cômico se não fosse trágico. Entreguei a bandeja na mão do SFS e disse "te vira, neguinho" e fui chorar lá atrás.

Porque puta que o pariu... Tem fora pior do que esse? Já morreria de remorso de fosse adulto, pior ainda sendo criança. Muito triste, muito foda. Borrei todo meu delineador com lágrimas e contei pro Márcio o meu perrengue.

Ele me tranquilizou, disse que a culpa não era só minha. A porra do SFS deveria ter avisado, pois sim.

Respondi:

- Não está sendo fácil.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Onde compro?

Meu lado macha precisa saber... Onde compro a camiseta-resposta do Ronaldo ao Manchester United?

Para quem não sabe... O Manchester lançou essa camiseta cocozenta para Cristiano Ronaldo. Porque o gajo agora quer ser chamado apenas de Ronaldo. Paga pau bacarai.

Photobucket

Aí o curíntia lançou essa respostinha:

Photobucket
Photobucket

Na boa. Não sou corinthiana. Sou santista e tenho HORROR daquele time da Zona Leste. Mas por questão de princípios (e porque gosto pencas do Ronaldo), essa aqui eu vou vestir. E será em Manchester, lógico, já que sou castigada constantemente a viajar até esse fim de mundo.

Vamos lá, help! Onde compramos essa camiseta em inglês? Porque eu e o Ruy vamos apavorar todos os fãs do Manchester que encontrarmos aqui nos Emirados. E ainda vou expandir o terror em terras paquistanesas e inglesas. É isso aê!

Sim, eu tenho meu lado macha. Oi, meu nome é Carlão e também adoro Iron Maiden! Buuurp.

é foda ser gordinha

Eu já passei por isso quando pesava algumas arrobas. Foda.



* adivinhem de quem roubei...

Rainhas da Macumba

Acabo de voar para Melbourne com uma indiana muito bacana. Mas ela me alertou a jamais mostrar fotos minhas de cabelo solto e com o marido para outras indianas. Ela explicou que pelo fato de eu ser muito bonita (caham, caham, palavras DELA) e branca, causo peitica alheia na mulherada. Ainda mais tendo um marido garboso.

Ela me contou que muitas mulheres indianas são adeptas da magia negra. Ela mesma foi vítima de uma macumbona braba (essa indiana é muito bonita), que passou a ser perturbada por espíritos e toda essa crendice popular. Enfim. Não acredito em bruxas pero que... Né? Até porque meu marido me conta as mesmíssimas histórias.

Sabendo disso, quem se lembra da Jade, uma britânica que chamou a Shilpa Shetty de indiana porca no Big Brother inglês?

Pois é.

Photobucket

Não é que a Jade está em fase terminal de câncer? Já deu metástase e ela saiu do hospital para morrer ao lado dos filhos.

CARAI!!! Tô fechando meu corpo pra essas indianas. Desde já sou triste, solteira e infeliz em todos os vôos. Sai pra lá, uruca.

Um oferecimento:

Photobucket

Chiqueza Dubaiana

Inspirada pela indagação do Pavinatto, vou começar a postar aqui um pouco do gramú dos chiques e famosos de Dubai. Não digo que vou postar toda semana porque não tenho disciplina pra nada. Mas vamos tentar, né.

E não me perguntem quem são essas pessoas, eu realmente ignoro e não assisto nem televisão por aqui. Mas pelo que vemos... É a nata do crème de la crème local. E como o novo rico é tendência por aqui, juntar dinheiro com a massa popular que venceu na vida is the new kibe, lhes agracio com todo o bom gosto que só os Emirados Árabes Unidos podem te oferecer.

Começamos com um dia agradável em Nad al Sheba, o nosso jóquei clube dubaiano. Com muito bom gosto, descontração e chapéus, vamos lá:

Photobucket
Low budget também é tendência. Também amoadóro a Accessorize. É para todos os bolsos.

Photobucket
Chapéu ao melhor estilo "Quem Mexeu no Meu Bolo?". Porque só sobrou o prato do mesmo, na cabeça da tia.

Photobucket
Festa de casamento de Amrita Arora (who?) e Shakeel Ladak (double who?). Porque é sabido que Dubai goza de um clima temperado quase nórdico, logo, a elegância do terno de veludo é sempre uma combinação clássica de bom gosto e versatilidade.

Photobucket
Ah, esse eu conheço. É o Derek Khan. Estilista. Como dá para notar, é muito talentoso. Como diria meu grande amigo Alê... Volta pro pão, carne louca!

Photobucket
Dubai é uma cidade cosmopolita. Tem tudo para todos os grupos, todas idades, todos os estilos. Você, amiga popozuda que adora calças da Gang e roupinhas da Handbook, abafaria na Zinc com esse estilão. Chique sem ser nababesco.

Photobucket
Vai, bonita! Acredita! Não importa o que eles digam. Você é linda!

Frieda trocando seis por meia dúzia e 1/25 avos (porque o anterior era bem peoooor)

O que se comenta por acá - no mundinho massala do qual não pertenço mas meto o bedelho sempre - é o tal romance entre os protagonistas do superestimado Slumdog Millionaire (é bom sim, mas porra, né lá essas coisas não), Frieda Pinto e Dev Patel. Até aí nada de interessante com nossos Pitt-Jolie do subcontinente. Mas o que está dando o que falar é o tal suposto noivado ou casamento que a indiana teria com um namoradinho de infância. Sinceramente, estou enlouquecendo com o sensacionalismo dos jornalecos ingleses que contam uma estória a cada edição. Se era casada, noiva, tico-tico-no-fubá, whatever e terminou com o ex para ficar com o protagonista do filme, isso não me importa. Até porque não gosto de julgar ninguém, só quem está dentro de um relacionamento (no caso ela e o ex) sabe dos perrengues da vida a dois. Eu mesma tenho dias em que quero enfiar o pipico do marido no triturador de legumes, assim como tenho dias em que quero ter o bebê dele (meu bebê massala, super hype). Graças a Deus tenho tido mais os últimos deles, mas sei como relacionamentos duradouros (o meu, 4 anos, o dela parece que mais de 10, virrrge!) são provas diárias de paciência.

Anyway. Não é meu blablalá que importa. O que quero discutir com vocês é: ô mulher pra gostar de homem feio!!! Trocar o namorado de infância monstrengo pelo fusca-de-porta-aberta Dev Patel?


Esse aqui é o ex, benzadeus.
Lhes digo: o amor é cego. E meio retardado mental. E nós, mulheres bonitas que já sofremos pencas por um homem feio, sabemos bem. Mas ó, Frieda: Isso passa. Nuschkur-Allah isso passa. Quem me conhece e não se lembra do meu ex, o Philippe? Huahuahua, me zoam até hoje!

Dubai 27 graus o cacete, tá quarentão.



A imagem mostra 27. Mas parece que tá 40! Insuportável. E minhas flatmates desligam o ar condicionado. Complexo de pobre. Vão gostar de calor e umidade chez la maison du caraiô. Minha mãe diz que pobre é que nem barata: adora muvuca, porcaria, calor e umidade. Tão vendo essa névoa maldita na minha wheaterpixie acima? Na verdade é uma baforada de umidade de cheiro embucetado que fode com a sensação térmica e, obviamente, com a lisura do meu picumã.




Tirei essa foto da minha sacada. Vejam que malditinha essa névoa acima do mar. Pior é que tenho que caminhar até esse supermercado agorinha mesmo porque não tem nada na minha geladeira. Lá vou eu... Em cinco minutos me transformarei em um monstro pegajogo e suado e cheio de cabelinhos armados. AAARGH!!!
Mas vou comprar bolinho de canela. \o/

Colombo \o/

Lá vou eu pra Colombo. Se os Tigres do Tamil me permitirem, vou as compras. Se não, sossego o rabicó no hotel e acelero a produção de algumas novidades vindouras. Ah sim, terei novidades em breve. Só preciso de um pouco de foco (e meu DDA bombando), organização e cumprir as mil e uma tarefas que tenho antes das férias.

Só digo uma coisa: tô ovulando. Ihihihi. Nunca vi uma pessoa pra gostar tanto de um terceiro mundo cheio de doença subtropical e auê político. \o/



Vou correndinho fazer a racha exótica e ouvir Duran Duran. Adoro chegar no hotel e não anotar o quarto de ninguém. Adoro não me misturar. Adoro ver a rachinha lendo Paulo Coelho na piscina. Adoro meu suspiro de entojo. Adoro-me, ok?

P.S.: Tem gente que não me gosta. Tem gente que diz que sou Malufista. Huahuahua, nem confiança, macacada. Bóra pegar Mogi-Bertioga pra chegar na baixada que eu vou ser rica no Sri Lanka. Mwah-mwah-não-me-liga.

sábado, 7 de março de 2009

Não gosto de macacos.

Pois me estorvam. São animais bem inconvenientes.



E a criançada toda assistindo. Diz aí se o gatinho não é mais romântico?

Lyoto Machida



E aí? Você faria? Eu? SUPER FARIA. Não é de hoje que a febre amarela me pegou de jeito... ;)

* Obrigada, Renateenho, pela graça alcançada!

Mazel tov, meri jaan!

Pela parte cristã-nova do meu sangue... Rafael yahudi, te dedico. E a todos meus leitores judeuzes!



Yay!!!

quinta-feira, 5 de março de 2009

muito obrigado senhor, muito obrigaduUuUuU

Hoje a indonésia que pesa as frutas e verduras e legumes aqui no Union Corp, o supermercado do sheikh onde camisinha não é vendida porque it's not allowed, disse pra mim: ma'am, you are so beautiful! Huahuahua. Juro, fiquei emocionada. Tava toda jururu me sentindo uma baleia e com medo do Greenpeace vir aqui me resgatar e ouço um elogio desse vindo do fundo do coração da menininha asiática. Juro, fiquei mó feliz.

Nessas horas eu digo:



Huahuahuahua! Porque eu sempre digo... Quando Talentos Brilhantes encontra o mundo crente, só dá coisa boa. A prova é a Pastorinha.

* Dica do Celso, lógico, via twitter.

Anos atrás, em Karachi

Achei uma review que fiz no sleepinginairports.com. Tá curioso, lê aê. Mal pelo Ingrish.
Pros preguiçosos... Colo aqui, fazer o quê...

"I reached Karachi at 2am and my next flight to Peshawar would only leave at 1pm. After immigration office (they were really nice to me, single female travelling alone) and picking up my bags and taking to x-ray I finally left to the main lobby to pick my ticket to Peshawar.Then I tried to kill some time. I mean LOADS of time.There are many many flights arriving late night from abroad. That means the airport was really crowded and noisy at 3am. Since I was the only female looking like foreigner everyone was staring and commenting about me.I took a seat near Emirates office where there were 2 policemen and tried to sleep while holding my luggages. IMPOSSIBLE. There were lots of people, it was noisy and everytime I was close to take a nap... A single guy would sit next to me and try to chat. What a nightmare it was. I had to pretend I did not know any English at all and just spoke Portuguese all time (I'm Brazilian). But it did not work.Knowing that sleeping would be impossible, I started to write about my trip. Awake I could notice some entire families sleeping on the floor. They had loads of things!!! I felt safer because if there was an entire family sleeping, I would be ok.To kill more time I decided to check my ticket to Peshawar and realized they issued with wrong name. Woohoo, I was never so happy for a mistake! That would kill at least one hour (you know Pakistani burocracy). And it really took me one hour! But the people from PIA were extremelly friendly and knowing I was alone and my flight would take some time they invited me to stay inside the office. They gave me tea, water and were really amazing with me. I love PIA!One of the employes told me I could enter on check in area at 6am. So I went. Said bye bye to the really nice PIA employes and went to check in area all happy. BUT the security on the door did not let me go. He said I could only enter at 9am. Oh &@&!!!!!I really needed to pee (well, since 3am I was feeling I had to pee). There were no place I could leave my suitcases. I would not dare to enter those creepy bathrooms outside check-in area with my suitcases. So... I had to wait!!! I crossed my legs and tried to think about something else.Those 3 hours were like an eternity. I watched some funny videos on the Airport TV. And Tom & Jerry. But everytime I looked to my watch... It seemed that time was moving backwards, oh hell.When it was 8h55am I walked towards check-in area but the security said "you can only go inside after 5 minutes!". Oh &@!!!! Then I waited in front of him and when the 5 minutes passed... I went inside!!! Wooohooo!!But yet I could not leave my suitcases alone. I had to wait the check in counter to open. Only at 11am. Ouch. Ok... What would be 2 more hours to someone who waited 7?I sat, crossed my leg and finally took a nap with all my suitcases. Sweet. Woke up when check-in counter opened and I finally had my boarding ticket. I was on my way to pee, I could not believe it!But then security, checking hand luggage x ray and other burocracy (I don't know how many times they stamped my boarding pass), after meeting some fat cockroaches who also seems really fond of airplanes... I finally went my way to the bathroom!And it was clean. Better? There was a western toilet, not only the holes in the ground. Maaaan... That was great! I also noticed I was thristy. I know that Lonely Planet tells us to only drink water from bottles. But I was thirsty, who cares??? I had a very delicious and freshing water from Karachi airport taps and no digestive problems afterwards. Bravo!Then I washed my face, removed make up, put new make up and felt cleaner. Yay! I must say that my experience was a bit bad, but I did not lose my good mood in any moment. So I would do it again, why not? ;)" Added 31 Dec 06

chinesa com legendas

* by blog do Pavinatto.

estou apaixonadaaaa


Gente! Não assisti "Singh is King", mas vou correndo comprar o DVD. Estou perdidamente apaixonada pelo ator Sonu Sood. O grande problema é que o gostosón irá interpretar um TAXISTA EM DUBAI. E não sei se vou gostar. Mas se encontro um taxista assim, não sei se volto pra casa (e dava gorjeta, até). E sim, qualquer semelhança com um certo marido meu é mera coincidência. Não vejo a hora de ir pra Peshawar ver meu clone de Sonu Sood. Aaaah!!!

quarta-feira, 4 de março de 2009

Gorjeta

Pedi uma porção individual light de uma Pizza Hut (colou?). Deu 32 dinheiros locais e pedi troco pra 100. Agora, leiam minha descrição na coluna da direita ->

Viram? "Rancorosa, vingativa e nunca dá gorjetas."

Pois caí na graça de ser legal e dei 3 Dirhams pro mancebo. Não entendo porque fiz isso, já que a Pizza Hut fica aqui DO LADO. Mas o fiz porque quis ser legal e pá. E 10% de 32 dá isso.

Quando dei a gorjeta ele riu. GENTE, ELE RIU!!!

Filho duma rapariga leprosa e lazarenta! Pegue essas 3 moedas e enfie em seu respectivo esfíncter ao final do tubo digestivo. Vá evacuar no bosque e limpar suas partes privadas com U. dioica.

MÃE, DEPOIS A SENHORA NÃO ENTENDE PORQUE NÃO DOU GORJETA?????????

Comprei um iogurte orgânico europeu mega-blaster healthy e caro bacarai. Custou cerca de 12 reais a embalagem com 4 e, agora que abri, vejo que tem um de ameixa (superodeio ameixa) e outro de Rhubard (sabe Deus lá cazzo is that).

Concluo: não tenho saco para ser healthy. Ô troço ruim (estou comendo o de morango). Vou descer e comprar um danoninho.

Porra!

domingo, 1 de março de 2009

meme da Mel

Como já disse a Mel (uma brasileira casada com um paquistanês), quem tem blog não escapa de memes. Eu mesma os adoro porque adoro falar de moi même, assim como um blogueiro que usa Preserv Extra e não vou falar o nome mas todos sabem qual é. Ok, esse tipo de informação eu omito porque sou menina e, bem, meninas não falam dessas coisas. O objetivo é citar 16 fatos sobre euzita.

1. Sofro do maldito déficit de atenção. Não preciso nem dizer que me funhenhei hoje na prova de CPR. Fiz tudo certinho. Tudo mesmo. Até perceber que não massageava o coração do boneco, mas a área do mamilo direito. :( Wéu-wéu-wééééu (shpish!), caguei no maiô e tenho que estar no Training College daqui a pouco pro repeteco.

2. Nunca consigo manter meu quarto em ordem. Sempre tem livro no chão ao lado da cama ou roupa em cima da cadeira. Adoraria ser mais organizada e ter menos cacarecos.

3. Tenho relações de amor e ódio com comida (ê geminiana): hoje eu adoro sushi, amanhã odeio e não entendo a graça em peixe cru sem tempero. Até semana passada eu adorava falafel. Que bolinho sem graça. E sei que minha mudança constante de opinião (e humor, e credo) é algo terrível que irrita as pessoas. Bem. Não gostou, reclama pra fábrica. Minha mãe é igualzinha. Nunca esqueço de umas férias que passamos na Itália e ela viciou em Sudoku. Um dia chego em casa com um livrinho pra ela e... Ela me solta: "odeio sudoku, ô troço chato". Eu sempre odiei sudoku. Possa ser que eu mude de opinião - especialmente quando aprender a jogar essa merda.

4. Meu chocolate favorito é o Kit Kat. Me dá Lindt ou Godiva. Eu troco por um Kit Kat. Lógico, quem sabe amanhã eu prefira uma língua de gato da Kopenhagen.

5. Consigo economizar, sim. Mas não me botem dentro de uma papelaria ou loja de cacarecos japoneses. Entro em epifania, compro aloucinadamente e quando chega a fatura do cartão... Eu a arquivo na minha linda pastinha cheia de post its e adesivinhos fofos. Para a minha perdição abriram uma Kinokuniya (bookstore japonesa) no Dubai Mall.

6. Outra coisa na qual não economizo é maquiagem. Tenho uma pele boa, Mashallah. Logo, não vou cagar usando base Marcelo Beauty (urgh) - embora a sombra, por ser pó, não me importo nem um pouco de usar. A sombra marrom dessa marca baratinha é jóia. Logo, minha necessaire é a reunião de dois mundos: base Clarins, pó Clinique, uma caralhada de cremes Biotherm e frescurinhas da La Prairie... Com batom da Elke (custa menos de 3 reais e é o único que retoco só depois de três horas, no avião), sombra Marcelo Beauty, máscara Maybelline (é boa e barata, de longe o melhor volume). O melhor lápis de olho do mundo é um baratinho que comprei num supermercado no Paquistão: uma marca low cost alemã que não borra nem por decreto. Melhor do que aquele cocozão do lápis da Dior que me deixa com um borrado ao melhor tipo banda de black metal norueguesa ao fim do dia. E ainda é caro.

7. Adoro procrastinar. Agora, mesmo, deveria estar na cama e ter impresso dois certificados de cursos online da área de First Aid. Depois do meme eu faço.

8. Coleciono Barbies ou qualquer boneca semelhante. Acabei de completar minha coleção Bollywood com a bonequinha da Kajol. Também sou louca por bonecas aeromoça. Amo minha Susy da TAM. É pobre, feia, fodida... Mas é brasileira!

9. Sou hipocondríaca. Passei com 100% em first aid hoje (tirando o CPR que caguei na vara) porque conheço todos os remédios que temos no avião. Indicações e contra-indicações, efeitos colaterais inclusive.

10. Cago de medo de altura. Jamais me debruço na sacada, não olho para baixo quando subo escadas, nunca farei bungee jump ou pára-quedismo. Também sofro de claustrofobia fodida e não pratico mergulho regularmente como deveria (ainda mais sabendo que meu amigo Ruy também tem carteirinha PADI até de mergulho noturno, logo, estou no paradoxo de ter dupla e mesmo assim não mergulhar) porque no início me dá uma sensação tão ruim de morte iminente... Quando passa entro em êxtase. Mas até passar... PQP! Logo, preciso encontrar um novo hobby.

11. Adoro dirigir. Adoro carros. Ando namorando um Volvo C30. Vejamos se minha carteira sai logo e se a crise em Dubai me permitirá encontrar um usado 2008 em boas condições. Porque o zero ainda é uma bica!

12. Tenho pavor de mariposas, lagartixas e pombas. Mais do que de barata. Juro!

13. Se pudesse escolher um lugar para viver... Viveria em Toronto. So far foi a cidade mais cosmopolita e diversificada em que vivi. Ok, Dubai também é um melting pot fodido de nacionalidades (conheci gente de Djibouti, Mianmar, Tadjiquistão, Moldávia), mas viver em um emirado não é a mesma coisa do que viver em uma democracia. Enfim, viveria em Toronto e teria uma casinha de veraneio em Paraty. Saudades daquela cidadezinha, daqueles morros abarrotados de mata atlântica, dos cafés no meio da tarde com um livro favorito na Praça da Matriz. Chega a doer de tanta saudade.

14. Não sei cozinhar. Mas estou aprendendo. Fico tão feliz quando elogiam minhas gororobas! Sei que meu strogonoff é um dos favoritos da galera. Até o marido, que só come coisa apimentada, adora! Ok que termino de preparar e viro um pacote de temperos na panela. Mas... :)

15. Adoro receber amigos em casa. Cansei das buátchs. Aqui em Dubai nunca encontro gente de qualidade na Zync ou similares (exceto meus amigos, lógico). Tenho pencas de vinhos e bebidas alcólicas no meu bar e não bebo quase nada. Adoro passar a manhã limpando a casa e a tarde cozinhando só para que as pessoas que eu gosto venham e se sintam bem: comam bastante e fiquem à vontade. Coisa de libanesa. Ritualzinho do chá é o must. Só preciso administrar melhor o meu tempo.

16. Se tem coisa na vida que eu odeio mais do que tudo... Essa coisa é ACORDAR CEDO. Aliás, adoro dormir. Então deixa eu imprimir essa porcaria de certificado que amanhã é dia, alegria! UAAARGH!

Template exclusivo para este blog encomendado no Templates da Lua