sábado, 26 de dezembro de 2009

soundtrack da faxina


Delicinha que a Lise (do Celso) indicou uma vez no blip loosho dela. Ouvindo over and over again enquanto organizo minhas meias.

Ôxi, mainha, Maria ganhou neném!

Porque a cena natalina de Luzilândia-PI me emocionou.


mwah

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Natal nos Emiríndias...

É meio assim...



Big beard, huge belly, terrible suit. Santa is Indian! And so is everything else here.


Merry Christmas, Happy Hannukah, Happy Kwanzaa, Happy Festivus and lovely 2010, negrada.

mwah, beijos e vou pra Bangalore dia 25! :/

Happy Festivus

Aos que não comemoram o natal... Tenham um ótimo FESTIVUS.

a melhor secretária eletrônica do mundo

Porque assisto esse episódio over and over again. Se alguém tiver esse midi, please, me manda pro ahlibanesa arroba gmail ponto com que mando uma foto autografada (só para o primeiro entre os milhares, huahua). Não conheço a música original mas, se conseguir o midi, gravo na minha versão. :) Aí o que vai ter de neguinho fazendo DDI pra ouvir, né... Acontece.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Saia Justa B-celeb

Tô viciada nesse programa que o Marcelo, um leitor e amigo do Sri Lanka, me enviou: Clube da Menopausa TPM. Só divas do high society: Dani Franco (esposa do Moacyr), Lilly Ribeiro (esposa do Lair), Beth Szafir, Lucimara Parisi (ah, meu, googla aê) e Clica Voight (quem?).




É tipo o Saia Justa, da GNT, numa versão genérica - e com muita sabedoria atropológica como "o problema são essas culturas que não vão se ajustando ao andar da carruagem" (sobre casamento arranjado na Índia) e conselhos matrimoniais incríveis como "com o mesmo marido?" (indignação de Dani sobre como apimentar a vida sexual durante o casamento).

Não sei o que gosto mais... Se dos cabelóns das apresentadoras ou imaginar a reação do Moacyr quando a Dani depilar a "persiguida" para deixar a coisa mais caliente... NOT!

Também adoro os blogs. Fiquei especialmente emocionada com esse post da Clica, onde ela divide com seus leitores o perrengue que é coletar e carregar exames de fezes e urina de seus filhos. Leiam lá o desabafo sobre a pazinha, os aromas, o estrago na manicure e na Louis Vuitton.

É foda, né, Clica? Eu também acho uó coletar exame de fezes. Para isso recomendo o uso de luvas... Tipo, evita que fique um visual meio "francesinha de chocolate". Quanto aos potinhos, bem, não transportaria merda dentro da minha bolsa junto com meu cigarro e carteira. Acho que uma sacola de supermercado seria mais adequado. Fica a dica. Beijos.


E melhor ainda só o número de exibições de cada episódio no Youtube... Que não chegam nem a mil. Mas a libanesa, que tem mais leitores por semana do que as visualizações de cada vídeo, vai dar uma forcinha.

Força no spray Karina! Eu já favoritay: www.clubedatpm.com (é só ponto com, entendeu, calega?).

P.S.: Obrigada, Marcelo, pela graça alcançada. :*

balcânica

Não sai do meu Ipod. Dedico a minha flatmate, Mariana, a minha Maki.




Hey kitchi kitchi kitchi ale ale titchi. Didididi, dali dalida. Maki Maki, Maki Maki, Mariana, Mariushka, Maria-ushka Marushka.

/mode iarnouou off.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

formspring.me

http://www.formspring.me/libanesa


Pergunta que eu te respondo. Adoro essa interatividade. Ego trip de cretinismo libanês. \o/

Lucas Celebridade e a vida de Santa Lucia em Luzilândia

Mais uma vez nos presenteia com um espetáculo piauiense. Obrigada, estou tocada. Fico emocionada com a versatilidade do povo brasileiro, especialmente com a auréola de prato de bolo.


Me lembra uma canção, não me lembro o nome mas ia assim: "é gente humilde, que vontade de chorar".

me tirem daqui!

É sabido que eu não gosto de viajar para a Australia. Estou em Sidney contando os minutos para voltar pra Banguecoque. Pois, pois:


- Tudo fecha as 7 da noite. Até a mega bookstore Kinokuniya. :( E era loja de mall, nem era loja de rua. Aí meu koo, né? Sou late night bird, não gosto dessas viadices.

- Tudo aqui é muito caro. Pois uma ida ao 7/11 me custou 12,40 dólares australianos e comprei APENAS 1 garrafa de água mineral, um pacote de crackers de arroz, um cup noodles.

- Pedicure vencida is the new trendy por aqui. Só pode ser. Muito pezinho feio com unha pintada de preto ou qualquer cor fosforescente. Pintadas assim, né... Tudo no toco, esmalte descascando e cutículas tão ressecadas que posso dizer I can spot your cuticles até 500 metros. Tá cara a pedicure? Faz em casa. Não tem tempo? Não usa sandália, pouuurra.

- Uniforme de australiana é shortinho com sandália gladiador. E unha do pé preta ou rosa fosforescente. Muito axé, minhazamiga.

- E os blokes daqui? Vixe. Tudo com pinta de surfista e cabelo espetado com pasta. Sem falar da combinação calça de qualquer tipo + Havaianas (a indústria brasileira agradece). Nada contra havaianas, mas homem que usa chinelas até para ir ao cinema ou restaurante ou é paquistanês ou é mal-vestido, mermo. Porque homem de chinelas, pra mim, é cu de rola (a não ser que você viva em Jericoacoara ou Papeete).

- Vi uns coreanos acocorados no chão, em um beco. Pensei "uhu, maconha get togheter". Mas estavam comendo noodles, apenas. Huahuahuahua, g-zuz.

- Opera House é linda, sim. Também é a ponte grandona. A cidade é arrumadinha, limpinha. Mas não vi nada sensacional. Ok, os koalas são bichinhos bem bonitinhos. Dá vontade de apertar.

- Aqui a árvore de natal grandona também é atração. Esse fenômeno da baianice mundial ocorre em praticamente todas as grandes cidades do mundo. Mas enche mais o saco em São Paulo, onde pára toda a Avenida Brasil e comarcas adjacentes.

- Vegemite é horrível. Parece de patê de cocô. Mas os TimTams são gostosinhos: wafers cobertos de chocolate. Você morde as pontinhas e usa como canudinho para chupar o leite com Nescau. Uma diliiiiiça, mas dá um dumping fodido.

Ok, vou parar de reclamar. O sushi, pelo menos, é barato. E gosto da brisa do começo da noite. Traz uma nostalgia gostosa de final de ano em Sampa. Do cheiro de Higienópolis no natal, antes da chuva da tarde.

sábado, 12 de dezembro de 2009

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Blackmore's Night(mare)

Hoje me bateu uma saudade do Joe Lynn Turner (ex Rainbow e Deep Purple), um dos meus vocais favoritos. Dei uma youtubada para recordar seus melhores sucessos e grandes porcarias (ah, ele fez algumas) e caí num video do Blackmore's Night - a banda de rock folk renascentista do ex-guitarrista do Purple.


Hahahahahaha, achei muito tosco. Tipos... O cara era guitarrista do DEEP PURPLE (oooeee?). Agora tem uma bandinha renascentista (pra mim é medieval, mermo) com a esposa, a Candice Night. Uma americana loira bonita, daquela que cria gatos, usa vestido mamãe-quero-ser-bruxa e tem estatua de fadinha na sala.

Chocha-la-ia. Mas uma imagem basta:


O cara largou o Deep Purple para se vestir de trovadorzinho medieval com botinha de amarrar. Oooeee, Jesus, me chicoteia. Aliás, Jesus, por favor, chicoteie o Rich Blackmore para ver se ele toma vergonha na cara.



Kkkkkkkkk, morri com o chifre de pelúcia no cavalo. Muita colocação para pouca droga, lhes digo.

E o video babaca bacarai... Muita fadinha, crendice, gnomo e incenso. Odeio muito tudo isso. Um brinde meu ao mundo capitalista! Ao mundo do Google e da alopatia, hey!

domingo, 6 de dezembro de 2009

pirulito

Jogá as mão pra cima, os braço para frente, empina a bundinha e entre nesse crima.

Jogá as mão pra cima, os braço para frente, empina a bundinha e entre nesse crima.



nerd que sou...

Compraria esse jogo de PS3, o Dragon Age: Origins. Mas se a cena de sequiço esta no youtube... Hahahaha, valeu Celso Dossi!

Template exclusivo para este blog encomendado no Templates da Lua